holiday extras voucher codes argento voucher codes onthebeach voucher codes mark and spencer voucher2017

All Beauty voucher codes made.com coupons cheap gym company vouchers office shoes discount UK Voucher Codes

spacer
spacer busca
.: Chupar fronha é meio de vida de muita gente :.
(Mário Firmino)
busca
Rapidinha
De aorcdo com uma uinrvesriddae ignlsea, nao ipomtra a odrem das lrteas de uma plravaa, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia lrteas etejasm no lgaur crteo. Cosiruo não?
Cabeçalho
Início
Textos e Afins
Contato
Procurar
Receitas
Outros Sites
Humor
Temperos
os dez mais lidos
Lisa: Há mais marés que marinheiros. (RJ)
 
Início arrow Textos e Afins arrow Culinária arrow Vinagre ou Agrin

Vinagre ou Agrin PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 21
PiorMelhor 
Por Administrador   
24/08/2005
Se alguém notou ultimamente que a maioria das embalagens de vinagre vêm com o termo "AGRIN" em destaque no rótulo e não sabe porque isto está acontecendo, "explico-lhe"!

Recentemente a Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e Abastecimento publicou duas Instruções Normativas (Normas). A primeira definiu os teores e nomes dos compostos acéticos: vinagre puro e agrin. Conhecidos genericamente como vinagre. A segunda obrigou os fabricantes de vinagre a distinguir no rótulo o conteúdo da embalagem, se é agrin ou vinagre puro.

Mas qual a polêmica? Na verdade o que nós consumimos desde 1890, e não é pouco, são mais de 165 milhões de litro/ano, é um produto tecnicamente conhecido como agrin. O agrin é um composto formado por fermentados acéticos de alcool (90%) e vinho (10%), portanto não é vinagre! A palavra vinagre vem do francês "vin aigre", que significa vinho ácido portanto feito exclusivamente de vinho.

Os preços do agrin nas prateleiras variam de 50 a 90 centavos de Real, muito barato. Já o vinagre é produzido exclusivamente a partir do fermentado 100% puro de uva, de frutas (maçã, limão, acerola), de cereais (arroz, trigo) ou de cana-de-açúcar, pode ter seu preço final médio por volta de 2,50 Reais.

Os vinagreiros do mercado tiveram que escolher entre tentar convencer o consumidor a aceitar um aumento de mais de 200% no litro do produto ‘puro’ ou mudar os rótulos indicando que se trata do agrin e não de vinagre. Adivinhem o que os marketeiros de plantão fizeram para tentar tirar proveito da situação. Colocaram a informação de maneira que parece que o nosso bom e velho vinagre melhorou, pois é, marketing é isso aí!

A Vinagres Castelo Ltda, de Jundiaí (SP), que é líder com 30% de participação no mercado, lançou no mercado uma linha "Clássica", composta por vinagre puro e adaptou os rótulos dos mistos colocando a expressão agrin. Segundo a Castelo, "O brasileiro prefere o sabor do agrin, uma vez que ele é mais suave que o do vinagre, segundo testes realizados com consumidores".

Cá pra nóis, o povo tá é acostumado a mais de cem anos com um produto de nome errado, que quando prova o verdadeiro estranha.

Uma outra empresa de Caxias do Sul (RS), A PNS, diz que a lei veio para alertar o consumidor sobre qual produto ele está comprando e se o preço pago por ele é justo.

O lado bom é que a informação, antes oculta, agora etá disponível e visível. Então é só esperar mais um pouco para que a população em geral entenda que aquele "AGRIN" estampado no rótulo do "vinagre" está lá, não como se fosse älgo a mais", mas sim para dizer que o conteúdo daquela garafinha, na verdade "não é vinagre".

Estamos melhorando, mas há outras ainda há o caso do "Aceto Balsâmico di Modena" ou vinagre balsâmico, que não é balsâmico e não é de Módena na Itália. Trata-se de uma mistura de vinagre (ou agrin) e melaço de cana. Como está na moda, sempre tem um espertinho tirando vantagem da situação e o povo, muitos que se acham gourmets, também caem na arapuca.

Querem saber, acho que vou temperar minha salada com limão...

Mário Firmino

< Anterior   Próximo >
spacer

Conheça o QuemPasseia

Cadastre e Compartilhe suas receitas
Nós temos 34 visitantes online

Copyright © 2005 DeFirmo.
Criado com Mambo
em português.

spacer